Lomadee

segunda-feira, 1 de agosto de 2016

The 5 Longest Minutes é um RPG que começa pelo final


Preparem os seus PS Vitas e também todas as piadas que tiverem sobre a vida sexual do amiguinho, pois o jogo japonês The Longest 5 Minutes (Os 5 Minutos mais Longos) foi confirmado para um lançamento ocidental. Ele sairá em algum momento ainda não definido de de 2017 para PS Vita e PC.

Esse era mais um jogo que eu não tinha certeza de que sairia do Japão, mas felizmente as coisas andam boas nesse departamento para o PS Vita. The Longest 5 Minutes é um RPG diferente do tradicional, pois ele começa nos 5 minutos finais do jogo, quando o poderoso herói vai enfrentar o grande overlord do mal.

O grande lance é que o herói perde as memórias durante esse combate, ele não sabe qual seu nome, de onde veio, quem é o vilão, quem são seus alidos e nem por que está tentando derrotá-los. Durante a batalha, ele acaba lembrando aos poucos e você começar a jogar então os flashbacks do herói para tentar reencontrar seu objetivo e também sua força.


Boa parte da minha boa vontade com esse jogo vem da ideia de como você precisa esticar esses 5 minutos finais da luta contra o chefão, que é um conceito que me lembra Half-Minute Hero, um RPG onde você, em teoria só tem 30 segundos para salvar o mundo, e que acabou se provando um jogo bastante divertido.

Eu gosto de acompanhar jogos com conceitos criativos, mas com bastante frequência eles acabam me decepcionando um pouco (ou muito). Um dos casos mais recentes foi Trillion: God of Destruction, um jogo onde você enfrenta um chefão com 1 trilhão de HP, uma ideia legal que virou um jogo muito sem graça.

Mudando o foco, há mais um motivo para eu ter bastante boa vontade com o jogo, os gráficos dele. Eles são quase que completamente copiados de Pokémon do GameBoy, até a um certo ponto de me preocupar legalmente com o time, porém coloridos de forma que os fazem parecidos com Nintendo 8 Bits.


Apostar em jogos assim a esmo é algo que eu ainda faço para que consiga encontrar eventuais surpresas no meio da indústria já cansado. Eu espero que esse jogo acabe sendo bacana, pois é muito triste quando um bom conceito morre em um game design ruim.

2 comentários:

  1. Uma pergunta:No caso de um jogo como...Undertale ou Minecraft,acha que o estilo grafíco atrapalha o conceito final?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Depende principalmente da seriedade da história que você quer contar. Não pega bem o Sephiroth atravessar a Aeris com a espada com aqueles bonequinhos chibi em Final Fantasy 7, é uma cena que ficará melhor no remake com modelos mais realistas

      No caso de The 5 Longest Minutes há humor e um certo tom light, então os gráficos estão de acordo. Já Undertale apesar de também ter humor quando tenta ficar sério em outros momentos os gráficos não são suficientes para passar o que está acontecendo, limitam o jogo

      Já isso não atrapalha Minecraft que não está tentando passar nenhuma história

      Excluir