Lomadee

segunda-feira, 25 de maio de 2015

Top 25 Jogos de Android


A pedidos de alguns leitores do Blog comecei a fazer um Top 25 de jogos para Android, o que foi bastante difícil porque eu não sou um jogador ávido de smartphones e tablets. Ainda assim eu valorizo bastante alguns desses títulos e recomendo que experimentem, mesmo alguns deles sendo pagos.

Diferente dos Tops do Nintendo 3DS e PS Vita, não farei uma lista de ausências justificadas, pois há uma boa chance que se um jogo não está aqui eu simplesmente não o conhecia. Se quiserem saber se algum título ficou de fora ou eu apenas não o joguei, podem deixar um comentário.

25- Point Blank Adventures


Um clássico da época do PlayStation One, Point Blank traz vários minigames de tiro ao alvo com a tela de toque, os quais na época eram executados com a pistola GunCon da Namco. É um jogo que vale mais pelo fator nostálgico, pois infelizmente ele é baseado nos primeiros capítulos da série, deixando de fora o incrível modo RPG de Point Blank 3, exclusivo do Japão.

24- Aquaria


Aquaria é um daqueles jogos que às vezes tenta demais ser artístico e por isso se torna incômodo. Porém, se você puder ignorar essa parte, ele é o mais perto que se chega de um jogo de aventura com exploração nos dispositivos móveis. Há também uma boa narração, algo raro em jogos para Android.

23- Contract Killer: Sniper


Há muitos jogos de Sniper para dispositivos Android, porém poucos com o nível de produção de Contract Killer. Além de missões de assassinato, nas quais você terá que eliminar alvos à distância com seu rifle, há também fases onde você parte para ação, com um sistema simples de cobertura no qual você não precisa controlar o movimento diretamente. Só não espere receber tudo do jogo sem acabar pagando algo em microtransações.

22- Activision Anthology


Se você possui um Atari 2600 não há coletânea mais nostálgico e completa do que Activision Anthology. Isso porque a maioria dos jogos legais do Atari não eram feitos pela própria Atari e sim pela Activision, como Pitfall, Keystone Keepers, Frostbite, River Raid, entre outros. Tudo isso com profundas opções de personalização dos controles para tentar achar um método confortável para jogar no celular.

21- WinterWalk


Um joguinho simples, porém charmoso, WinterWalk tem gráficos estilo retrô 8 Bits e coloca jogadores para darem um simples passeio no papel de um Gentleman. De tempos em tempos o vento sopra um pouco mais forte e você precisa pressionar a tela para ficar parado e segurar sua cartola. Seu objetivo obviamente é ir o mais longe possível sem perder o chapéu.

20- rymdkapsel


Simples e curto, rymdkapsel é um jogo de administração em que você constrói salas e gerencia uma equipe para obter recursos e assim construir mais e ir montando uma base. É um jogo bem divertido, mas infelizmente também muito curto. Se não terminá-lo na primeira vez, é bem provável que o termine na segunda, e não há mais conteúdo além disso.

19- Coelhadas da Mônica


Um dos melhores investimentos que Mauricio de Sousa fez ultimamente, os jogos da Turma da Mônica para Android são uma boa pedida, mesmo que à primeira vista pareçam apenas clones de jogos famosos. Coelhadas da Mônica parece simplesmente uma cópia de Angry Birds até que você nota as mecânicas originais que caem bem com a temática dos personagens.

18- Broken Sword: The Shadow of the Templars


Um clássico da série de aventura Broken Sword, Shadow of the Templars apresenta a versão remasterizada do Nintendo Wii agora para dispositivos móveis. Esta é uma aventura de apontar e clicar tradicional onde você precisa conversar com pessoas para obter informações e usar itens muitas vezes de maneira criativa. Uma vantagem da versão móvel é que você pode parar seu progresso a qualquer momento e há dicas para quando você fica travado.

17- Funky Smugglers


Talvez um dos títulos menos conhecidos da lista, Funky Smugglers ganha seu lugar por uma jogabilidade simples e divertida. Você é um agente de segurança que precisa retirar itens impróprios de cidadãos aparentemente inofensivos, os quais só aparecem na tela de raio-x. Há ainda um sistema de malabarismo que dá pontos extras se você manter os objetos no ar, perfeito para a tela de toque.

16- Carmageddon


Clássico jogo de carro extremamente violento e até proibido no Brasil em sua época, o Carmageddon original está disponível para smartphones e tablets. Apesar do apelo sádico, o jogo era extremamente divertido, dando ao jogador a possibilidade de completar corridas passando por chekpoints ou encarar a pista como uma arena e eliminar seus oponentes. Tudo isso enquanto attopela pedestres para ganhar bônus.

15- Crossy Road


Um minigame recente e relativamente popular, Crossy Road é uma espécie de Frogger infinito, no qual você continua tentando ir cada vez mais longe para ganhar pontos. A ideia é ajudar uma galinha a atravessar um certo percurso, que passa por estradas, trilhos de trem e lagos, tendo o cuidado de não ser atropelado, ou pior. Não há um método de controle tão preciso quanto em Frogger, mas é um ótimo minigame.

14- Salad Shark


Este é mais um daqueles minigames simples e divertidos que ganha muitos pontos extras por carisma. Em Salad Shark você controla um tubarão, o qual presumo que seja vegetariano, e deve comer apenas as frutas que são lançadas em sua direção, nunca pedaços de carne. Mantenha seu dedo na tela para deixar a boca dele aberta, tire o dedo para que ele feche a boca.

13- Fruit Ninja


Ainda na vibe de jogabilidades pensadas para dispositivos móveis, Fruit Ninja é outro jogo de premissa simples e boa execução. Basta riscar na tela para partir frutas que são arremessadas e evitar atingir bombas. Aqui o multitouch faz toda a diferença, permitindo que você aprimore sua performance com mais riscos de acordo com o quanto você quer se aprofundar no jogo.

12- Dead Trigger 2


Muitos jogos tentam encaixar métodos de controle tradicionais nos dispositivos móveis, alguns dos maiores sucessos são os que aceitam suas limitações e trabalham com elas. Por exemplo, Dead Trigger é um FPS com zumbis que não tenta fazer você se mover e atirar nos mortos-vivos ao mesmo tempo. Se você tiver uma arma na mão e se aproximar de um inimigo, ele atira sozinho. Adicione a isso mais elementos estratégicos e você tem um jogo funcional e divertido com controles simples.

11- Temple Run


Outro ótimo exemplo de jogabilidade pensada diretamente para smartphones e tablets, Temple Run pegou o gênero de corrida infinita de jogos como Canabalt e trouxe para um ambiente 3D onde com a mesma simplicidade você pode sentir mais emoção durante as fugas. Além de ser um título incrivelmente popular do gênero ele inspirou dezenas de clones.

10- Dead Space


Há muitas formas fáceis de converter uma franquia de sucesso para smartphones e tablets, e o mais importante aqui é que Dead Space não tomou o caminho fácil. A Electronic Arts se esforçou (eu sei, paradoxo) para criar uma aventura original que captasse o terror e suspense do Dead Space original para consoles, ainda que com limitações para os controles.

9- Robot Unicorn Attack


Mais conhecido por sua versão em Flash no site do Cartoon Network, Robot Unicorn Attack é o tipo de jogo que dá um pouco de vergonha de baixar, de jogar em público e de cantar junto, porém é inevitável. Ele é também um jogo que já explorava o estilo de correr e desviar de obstáculos antes de ele ficar popular em aparelhos móveis, então há menos vícios e mais qualidade. O único problema é que a tela de toque não é tão precisa quanto botões, então ele perde algumas posições.

8- Minecraft: Pocket Edition


Vamos deixar uma coisa clara, a versão Pocket de Minecraft não faz justiça ao original, ela é mal otimizada, difícil de jogar, com mundos ridiculamente pequenos, entre outros defeitos. Porém, ainda é uma versão de um jogo que é muito divertido, então se você é fã de Minecraft, dá pra quebrar um galho com ela enquanto você está longe de um PC ou videogame. Porém, não se empolgue muito.

7- Sonic 4: Episode 2


Normalmente jogos de plataforma tradicionais que usam joysticks virtuais em tela de toque são péssimos, mas Sonic 4: Episode 2 realmente conseguiu ajustá-lo de uma forma que ficou prazerosa. O design do jogo é bem superior ao do Episode 1, mesmo que ainda não seja algo genial, diverte bastante e é uma das poucas opções do gênero para Android.

6- Ridiculous Fishing


Um bom exemplo de como um pouco de diversão e estilo podem transformar uma atividade simples, Ridiculous Fishing é um daqueles minigames simplesmente viciantes. Nele, você precisa primeiro desviar de todos os obstáculos com seu anzol até ir o mais longe que conseguir para depois puxá-lo e pegar tudo que puder no caminho de volta. As coisas ficam ainda mais bizarras quando depois de tirar os peixes da água você precisa matá-los com armas para garantir que sejam contabilizados.

5- Five Nights at Freddy's


Um dos jogos mais criativos de terror que surgiram ultimamente, há muita coisa interessante sobre Five Nights at Freddy's, desde sua atmosfera até toda a mitologia que rapidamente se empilhou com três capítulos. Diferente da maioria dos jogos de terror, Five Nights at Freddy's faz você se sentir impotente pelo fato de ter que ficar parado em um local, esperando, sem poder fugir, apenas se proteger.

4- Cut The Rope


Mais um jogo com "cara de celular", Cut The Rope pega uma mecânica simples, como cortar cordas, adiciona a isso uma grande dose de carisma com o monstrinho OnNom, e uma boa dose de estratégia, com física. O mais legal é que se trata de um jogo desafiador porém acessível. Não é extremamente difícil de terminá-lo, nem de conseguir as tradicionais 3 estrelas por fase, porém também não será também algo óbvio.

3- Plants vs. Zombies


Não há jogo mais Plants vs. Zombies do que Plants vs. Zombies para podermos Plants vs. Zombies enquanto nós Plants Vs. Zombies. Esta é a versão original de Plants vs. Zombies para smartphones, aquela na qual o jogo ganhou sua extrema popularidade e continuou seguindo para se tornar um fenômeno. É um jogo genial de estratégia que deve ser jogado e rejogado em todas as oportunidades que houver.

2- Angry Birds


Como falar de jogos mobile sem falar de Angry Birds? Provavelmente o maior fenômeno de sua época, os passarinhos zangados têm uma série de ouro em suas mãos. Desde o primeiro Angry Birds, que é divertido até hoje, até as dezenas de variações como Seasons, Space, Star Wars, Stella, Transformers, entre outros. Angry Birds é facilmente um dos jogos mais recomendados para iOS e Android.

1- Walking Dead Assault


Provavelmente Walking Dead Assault é o melhor jogo original para smartphones baseado em uma franquia que eu já vi. Você poderá montar um time com quatro integrantes de personagens de The Walking Dead, cada um com habilidades diferentes, e guiá-los através de várias fases diferentes, matando zumbis, ajudando sobreviventes e tendo que se preocupar com coisas como o barulho dos tiros atraindo hordas de mortos-vivos.

8 comentários:

  1. É possível colocar links da playstore/appstore dos jogos? Achei esse aquaria interessante mas não consegui achar na loja.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Agora que vi que Aquaria realmente não é vendido normalmente na App Store, o consegui em uma ocasião única. Acho que você poderia pagar pela versão para PC e depois baixar uma versão pirata pra Android sem culpa

      Excluir
  2. Ótimo Post \O/ você já jogou Plants Vs Zombies 2? Particularmente gostei dessa continuação, em que pese a adoção modelo free-to-play.

    Também já jogou Sky Force 2014? Acho um jogo extramamente bem feito no gênero arcade. penso que tal jogo é um retorno de valores clássicos(com as devidas atualizações do gráfico e jogabilidade).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu não gostei, pra mim as microtransações acabaram estragando o Plants vs. Zombies 2 =/ tinha potencial de ser muito mais

      Sky Force 2014 não joguei, vou dar uma olhada

      Excluir
  3. Clash Of Clans também é muito bom!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não joguei ainda, não parece muito meu estilo, mas vou dar uma olhada

      Excluir
  4. Respostas
    1. verdade, mas já são o remake do remake do remake

      Excluir