Lomadee

domingo, 2 de novembro de 2014

Não aguento mais me esconder!

Esses dias comprei os dois últimos títulos de terror lançados no passado mês de outubro: The Evil Within e Alien: Isolation. São dois bons jogos de terror. Um com características de ação como é o Evil Within, e outro com aspecto mais adventure, que é o Alien. Mas algo me encucou sobre ambos. A mecânica básica é: Se enconda do seu inimigo. Ambos os jogos forçam a andar agachado e sorrateiramente para golpear um inimigo ou se esconder dele. E cara... isso me frustrou bastante. Será que todos os jogos precisam de um modo "Stealth"?

Assim como no primeiro filme, a criatura xenomorfa te caça pelo espaço.

Para quem não sabe, stealth é um termo de inglês que significa disfarce ou camuflagem. Se esconder do inimigo para ser mais exato. Tudo bem caro leitor, sei que a ideia dos jogos é passar o medo e o terror de ser caçado, principalmente em Alien, mas já não nos escondemos demais ultimamente? The Evil Within é basicamente um Resident Evil 4 porém com esse detalhe a mais de "se esconda e ande devagar". Resident Evil 4 era um jogo que te obrigava a fugir dos inimigos mas não se esconder e muito menos golpear um inimigo pelas costas. The Last of Us foi outro grande exemplo de jogo de terror que obrigava o jogador a andar agachado se escondendo. Mas basta olharmos para trás e veremos jogos que colocam medo sem utilizar desse artificio como Silent Hill, Resident Evils antigos e até mesmo Doom.

Se esconder não era uma opção em Doom 2

A coisa piora ainda mais em outros gêneros, cujo objetivo não é criar medo e sim dar força ao personagem. Na tentativa de dar muita liberdade para o jogador agir da forma que quiser, nos deparamos com a problemática de confundir o jogador com tantas possibilidades e a falta de balanceamento entre os modos de jogabilidade. Por exemplo no recente Wolfeistein era muito mais fácil jogar no modo stealth do que sair dando tiro em todo mundo. Outros jogos tornam o modo rampage, sair atirando e correndo, mais fácil que se esconder, como em Watch Dogs. Mesmo em jogos de pura ação você se esconde. Pensem em Gears of War. Mecânica esconde e atira do inicio ao fim. GTA V alterou toda sua jogabilidade de ação para se esconder e atirar. Até jogos em primeira pessoa, onde se esconder era algo intuitivo, se tornou repetitivo com mecânicas de cover automático.

Esconde-e-atira: foi a principal mecânica da geração passada

Vamos listar os jogos onde o jogador é obrigado se esconder?

 -Assassins Creed
 -Watch Dogs
 -Crysis
 -Gears of War
 -Wolfeinstein
 -Skyrim
 -The Last of Us
 -Middle Earth: Shadows of Mordor
 -Batman Arkham
 -Far Cry
 -Call of Duty

 A lista pode ser ainda maior mas me atentei apenas aos jogos mais recentes e grandes franquias. Não citei Metal Gear Solid e Splinter Cell por serem óbvios e pela exceção, já que ambos são claramente jogos de stealth e não tentativas de ser multi gênero (apesar dos últimos jogos irem para um caminho maior de ação). Nesse mar de jogos "esconde-esconde" fica a frustração e a saudade de gêneros mais fechados onde o foco é um só: Ação. Atirar de peito aberto ... e cabeludo.

"Os inimigos que se escondem de mim porra!"

5 comentários:

  1. Realmente, esse negócio de stealth em todo jogo já deu o que tinha que dar. E olha que sou fã do gênero.

    Acho que os desenvolvedores de hoje associam a ideia de terror com ser fraco, daí nasce a necessidade da furtividade. Mas isso nunca foi necessário em um jogo de terror. Em Resident Evil você não é fraco, você é um policial fodão.

    Agora pra Gears of War dá pra abrir uma exceção. Esse sistema de cover foi um diferencial muito bem-vindo na época e que acabou se consolidando como uma das características chave da série. Bom, eu gostei muito pelo menos.

    Quanto a GTA. O cover também cai bem, pois ele estabelece um maior compromisso com a realidade. Característica que a rockstar buscou no IV e em menor grau no V.

    E como Skyrim te obriga o jogar em steath? Eu sempre joguei decapitando todo mundo de boa !

    ResponderExcluir
  2. Posso ter forçado com Skyrim, de fato, mas muitas vezes atacar em stealth era muito mais fácil.

    Enquanto a Gears of War, me desculpe, mas acho o sistema de cover muito chato. Pegue como exemplo Counter Strike. Você se escondia mas era algo intuitivo, que exigia habilidades cognitivas. Em Gears of War é tudo automático. Sua única habilidade exigida é de atirar na hora certa. Isso é monótono. Ainda mais onde o cenário é todo construído para essa mecânica de cover.

    Acho também engraçado como elogiam o sistema de cover por ser mais realístico mas a recuperação automática de energia passa de boa. Não acredito que jogos devam ser realistas. A realidade já existe aí para nós vivermos. Eu prefiro jogar a fantasia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também não creio que haja necessidade dos jogos se aproximarem do realismo, mas é um aspecto que a criadora de GTA escolheu.

      O problema não é um jogo ter um sistema de cover diferente ou "mais monótono", quem goste que compre o jogo. A coisa complica quando todas as companhias partem pra um lado. No caso, como você mesmo disse, esse sistema de cover ganhou muito espaço na geração passada. Quem não curtia ele ficou sem grandes alternativas.

      Mas eu gostei do post, é sempre divertido e estimulante discutir esse tipo de coisa.

      Excluir
  3. Jogue Mark of the Ninja. Um jogo nada monótono, nada repetitivo e uns dos melhores jogos stealth que já vi. Detesto sistema de cover em jogos onde o foco é ação, quebra a ideia de ser poderoso que os jogos de ação tentam passar. O jogos de stealth não, vão pelo lado pelas possibilidades de enganar o inimigo, muitas vezes sem eliminá-lo.

    ResponderExcluir
  4. Não entendi o fato de AC estar na lista, AC1 até possuia o stealth, que era totalmente intuitivo, você fugia, arremessava facas de telhadas, tal tal tal. Agora, não nego que os novos fogem do contexto, sendo apenas um mar de sangue sem fim aonde você ataca de qualquer jeito e contra-ataca até mutantes. Eu achei WD um jogo razoável, e se esconder, usar recursos tecnológicos, hackeamento, sempre pareceu a única forma de passar de uma "fase" realmente dificil.
    Eu acho que os jogos de ação de hoje são conhecidos por simplesmente deixarem você sair matando feito louco, forçando um stealth inexistente, se esses games de tiro de hoje em dia fossem realmente realistas, você morreria em pouco tempo, só que é exatamente ao contrário, você é um Punisher da vida.

    ResponderExcluir